3G melhora contas da Sony Ericsson

As vendas do fabricante subiram 40% no quarto trimestre.

Embora num cenário de previsões prudentes, que apontam para uma redução da procura de telemóveis em 2005, o sexto maior fabricante do mundo anunciou uma subida de 40% nas vendas do último trimestre de 2004 face ao mesmo período de 2003, atingindo os 2 biliões de euros. O mercado esperava vendas de 1,93 biliões de euros.

A Sony Ericsson conseguiu ainda elevar o valor médio de venda por terminal de 157 euros no terceiro trimestre para 160 euros no quarto trimestre.

Entretanto, a Samsung – que recentemente conquistou à Motorola a segunda posição mundial – anunciou na semana passada uma queda no número de telemóveis vendidos e uma redução nas margens de lucro de 13% para 3%, motivadas essencialmente pela guerra de preços com a Nokia.

Esta última, que lidera o mercado mundial, deve divulgar os resultados a 27 de Janeiro, enquanto os da Motorola são aguardados a qualquer momento, ainda nesta semana.

Ao revelar as suas contas trimestrais, a Sony Ericsson alertou que este ano será mais difícil do que o de 2004, em que a globalidade dos fabricantes de telemóveis vendeu 20% a 25% mais terminais.

Segundo perspectivas avançadas pelo vice-presidente-executivo da empresa, Jan Wareby, citado pela agência Reuters, o mercado deverá crescer em 2005 menos de 10%, depois de terem sido alcançadas em 2004 vendas de telemóveis da ordem dos 620 milhões de unidades.