A Google poderá guardar ressentimentos contra a Samusng

Tudo por causa do Android. A empresa sul-coreana cresceu tanto que se tornou praticamente uma ameaça para todas as outras empresas.

Estará tudo bem dentro do universo Android? Ou estarão os grandes nomes que o integram a conspirar nas sombras? A julgar por várias informações, entre as quais uma avançada recentemente pelo TechRadar, a segunda hipótese é bem mais provável. A causa? O sucesso da Samsung, que poderá estar a ameaçar todas as suas concorrentes e parceiras – incluindo a própria Google.

As informações tiveram origem no Wall street Journal, que em 2012 entrevistou Andy Rubin – responsável pelo Android -, o qual terá referido que o sucesso da Samsung, embora merecido, poderia colocar a Google numa posição indesejável caso a empresa sul-coreana resolvesse chegar-se à frente de todos os seus competidores. Senão vejamos:

A Samsung representa cerca de 39,6% da quota global de smartphones no último ano, um domínio que deve tudo à plataforma da Google. Outras fabricantes Android, como por exemplo a HTC, não gozam de tanta popularidade.

A Google poderá guardar ressentimentos contra a Samsung

O receio da Google, a julgar pelas informações do Wall Street Journal, é que a Samsung possa passar a exigir mais à Google do que devia. Por outro lado, também a possibilidade de que a Samsung possa seguir os passos da Amazon e arrancar com a sua própria versão fechada do sistema operativo da gigante norte-americana criam algumas preocupações na empresa.

Mas a Google não planeia ficar de braços cruzados, e os rumores sobre um suposto X Phone – fabricado pela Motorola – fazem referência a um dispositivo que deveria concorrer directamente com os topos de gama da empresa sul coreana.

O que acham os leitores deste duelo de titãs? Há inclusive a teoria de que, por ironia do destino, o sucesso obtido pela Samsung com o próprio Android poderia culminar com a compra da própria Google. Quem sabe? Deixem-nos o vosso feedback!