Skip to main content

Accionistas da PTM aprovam propostas

Apoio às ideias da Administração.

«Todos os pontos da ordem de trabalhos foram votados por larga maioria», disse Horta e Costa no final dos trabalhios.

O conselho de administração da PT Multimédia não submeteu a votação, no entanto, as propostas relativas aos pontos considerados polémicos pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), como hoje a empresa já anunciara.

Em comunicado divulgado através da entidade reguladora, a administração da PT Multimédia anunciou que decidiu retirar as propostas apresentadas «sobre os pontos 6 e 7 da ordem de trabalhos da AG, propostas essas relacionadas com a compra de acções próprias e o programa de “share buyback”».

A Portugal Telecom é a maior accionista da PTM, com 58,43% do capital, seguida do Santanter Totta, com 9,98%, e do Banco Espírito Santo, com 7,63%.