Alcatel 311. Pequeno elfo

Formato compacto oculta grande alma num modelo que renova a lendária série 300 da marca francesa.

O mais recente modelo da série 300 da Alcatel, o 311, está prestes a debutar em Portugal. Enquanto isso não sucede o Telemoveis.com teve acesso a um modelo para teste pela mão do fabricante. Alcatel 311

O 311 insere-se numa longa série de modelos que têm vindo a proporcionar grandes alegrias ao número cada vez mais crescente dos incondicionais da marca francesa. A série 300 distinguiu-se desde sempre pelos preços competitivos e por um design compacto, com as funcionalidades essenciais. Com a presente evolução faz-se mais e melhor num telefone cujo design compacto e linhas curvilíneas, perfeitamente adaptáveis à mão – dotado de estrias laterais para proporcionar a máxima aderência ergonómica; com botões e gradientes metálicos – lhe confere grande elegância e portabilidade.

Naturalmente que o aspecto não é tudo. Mas com possibilidades tecnológicas semelhantes sempre acaba, na prática, por ser um dos grandes elementos diferenciadores.

Acresce o facto de o «pequeno» 311 deter menus impecavelmente organizados e navegáveis. Facto adicionalmente facilitado pelo já vezeiro na Alcatel joystick com três funções. Desta feita, e ao contrário dos modelos anteriores da mesma série, com um funcionamento firme e seguro.

Falando de menus, saliente-se a existência da função «Zoom» que, na realidade, o que faz é encolher o tipo de letra, permitindo visualizar mais informação no mesmo espaço. Um sistema útil e inteligente, sobretudo para quem dispensa óculos. Sendo certo que, mesmo em modo «Zoom» o corpo das letras é perfeitamente discernível.

Há ainda que acrescentar que o 311 está dotado de um sistema de escrita de mensagens EMS que torna possível adicionar ao vezeiro texto imagens e sons de um catálogo pré-disponibilizado. Imagens e sons que podem ser importadas adicionalmente da internet, oferecendo a imagem, com o telefone, a título demonstrativo, a possibilidade de fazer uma descarrega gratuita.

Em termos técnicos, o som do Alcatel 311 é EFR/FR/HR. Ainda assim, na nossa opinião, com uma reprodução com propensão para o grave, não havendo por seu lado nada a assinalar relativamente à captação dual band que não fica nada prejudicada com a antena interior.

O modelo está dotado de um sistema de alta voz que permite falar com ele pousado sobre a secretária.

O sistema WAP 1.1 é uma mais-valia, permitindo ao modelo ombrear com vantagem face aos modelos da concorrência.

Pelo lado negativo há apenas que salientar a permeabilidade do visor plástico aos riscos e a susceptibilidade, em situações de queda, para o destacamento da protecção posterior da bateria.

Falando de capas e protecções note-se que o Alcatel 311 é plenamente personalizável.

A agenda de contactos tem espaço para 250 modelos com a útil possibilidade de associar a um mesmo nome até três números de telefone. Da mesma forma o Alcatel permite reter em memória cinco SMS pré-escritos.

Finalmente, a bateria Ni-MH 700 mAh é uma grande mais valia, assegurando elevada durabilidade tanto em tempos de espera como em conversação.