Amazon em tribunal por causa do Kindle Fire

Amazon colocada em tribunal devido ao Amazon Kindle Fire. Processo não deverá atrasar lançamento do tablet Amazon Kindle Fire.

O novo tablet da Amazon, o Amazon Kindle Fire, ainda não está à venda e já enfrenta um processo de violação de patente. O processo é movido pela empresa Smartphone Technologies, que também já processou outras marcas como a Apple e a RIM.

A notícia é avançada pelo website de economia PaidContent, que assegura que o Amazon Kindle Fire infrigiu quatro patentes. Nas patentes violadas estão o acto de tocar num ícone no ecrã do tablet e introduzir esse comando num computador portátil e outra tem a ver com o sistema e método para exibição e manipulação de múltiplos calendários num assistente digital.

Amazon em tribunal por causa do Kindle Fire

O website PaidContent diz ainda que o Amazon Kindle Fire Wi-Fi também infrige uma quinta patente que não foi revelada. De realçar que a empresa Smartphone Technologies é detida por uma outra empresa, a Acacia Research, que se dedica a comprar e licenciar patentes.

O processo colocado em tribunal à Amazon não deverá no entanto atrasar a pré-venda e a comercialização do tablet Amazon Kindle Fire que já está em pré-venda nos Estados Unidos, e tem a comercialização marcada para o dia 15 do próximo mês de Novembro.