Anacom recupera conselho consultivo (actualização)

Álvaro Dâmaso vai presidir ao conselho consultivo do regulador das comunicações.

O anterior presidente da Anacom, Álvaro Dâmaso, vai regressar ao organismo para presidir ao conselho consultivo, segundo revelou o ministro de Estado e da Presidência, Nuno Morais Sarmento.

A reanimação do conselho consultivo da Anacom foi anunciada pelo ministro das Obars Públicas, Transportes e Comunicações, António Mexia.
O conselho consultivo vai ser eleito no próximo mês, retomando uma iniciativa que funcionava no antigo ICP, agora Anacom, tendo em conta que se trata de um espaço crucial para o debate das questões das telecomunicações, na opinião de António Mexia.

Este órgão consultivo contará com 29 membros, sendo um elemento do Governo e os restantes representantes das várias áreas das telecomunicações, entre as quais se contam os prestadores de serviços móveis e fixos e televisão digital.

António Mexia afirmou que o conselho irá reunir no mínimo duas vezes por ano, sublinhando que esta iniciativa prova que o Governo quer promover o debate institucional nas telecomunicações.

A propósito, o ministro defendeu que os recursos devem ser melhor aproveitados e deu como exemplo a ideia de que se deve aproveitar a construção de novas estradas e as obras em vias existentes para a instalação de condutas que possam levar a banda larga a zonas mais remotas do país, um dos objectivos definidos no programa para a Sociedade da Informação.