NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo

Android, ameaça de malware triplicou

terça-feira, 21 agosto, 2012 /
Android, ameaça de malware triplicou

Android, ameaça de malware triplicou durante segundo trimestre de 2012. Tendência é para cibercriminosos recorrerem a ataques mais personalizados.

A Google tem razões para se preocupar e apertar a segurança ao Android. De acordo com a Kaspersky, a ameaça do malware ao Android terá triplicado durante o segundo trimestre deste ano.

Mais de 14,900 novos programas maliciosos fizeram do Android um alvo, dos quais aproximadamente metade terão sido classificados como trojans multi-funcionais - ou seja, software programado para roubar dados dos smartphones mas também para fazerem download e instalarem programas a partir de servidores remotos.

Android, ameaça de malware triplicou

Cerca de um quarto do software malicioso era constituído por trojans SMS, uma forma de malware que permite o envio de SMS para números premium sem o consentimento dos utilizadores. Ao todo, cerca de 18% das ameaças detectadas teriam capacidade de permitir que hackers assumissem o controlo do dispositivo.

Quanto a previsões relativas ao futuro do Android, as expectativas não são nada animadoras: num futuro próximo, esperamos não só mais malware, mas que este se torne mais eficaz e perigoso, referiu Yuri Namestnikov, Analista Sénior de Malware na Kasperskt LabA julgar pelas tendências actuais, devemos esperar que os cibercriminosos transitem brevemente para ataques mais personalizados.

Veja também:

Android, malware tende a crescer até fim de 2012

2,430