Apple iPad 4: primeiras impressões

Apple iPad 4, ou o irmão ‘grande’ do Apple iPad mini, chegou à redacção do Telemoveis.com! Conheçam as nossas primeiras impressões sobre o mais recente iPad da Apple!

Foi preciso chegar a 2013 para que o Apple iPad 4 pudesse, finalmente, conhecer as instalações do Telemoveis.com, por cortesia da Vodafone Portugal. E se à partida a quarta geração do famoso tablet da Apple tem presentes todos os elementos que sempre caracterizaram o líder deste segmento de mercado, por outro faz pensar que as novidades – aquelas por que todos ansiamos – são poucas.

Mas poderemos estar errados. Há vantagens e desvantagens na estratégia da Apple, e se tivermos que enumerar uma vantagem no mais recente iPad 4, essa seria a sua familiaridade – quem já é fã dos produtos da maçã não irá, certamente, sentir qualquer dificuldade em se adaptar a este tablet.

Apple iPad 4: primeiras impressões

As desvantagens estão, a nosso ver, no factor ‘previsibilidade’ em que a Apple parece ter caído desde que o seu anterior director executivo, Steve Jobs, faleceu. E mesmo as estratégias novas, como é o exemplo do iPad mini, não parecem ter vindo acrescentar nada de novo à empresa.

Apple iPad 4: primeiras impressões

Por outro lado, seria impossível não comparar este tablet com o Apple iPad 3: não só são parecidíssimos esteticamente, como também em termos de características técnicas são bastante semelhantes. Mas existem diferenças, a começar pela mais visível a olho nú: a entrada para o conector Lightning, presente também no iPhone 5 e no iPad mini; também em termos de capacidade de processamento existem algumas diferenças face ao seu antecessor: o Apple iPad 4 vem equipado com um processador A6X (1.4 GHz, dual core), enquanto que o iPad 3 inclui um processador A5X (dual core, 1 GHz). A presença do quad-core ao nível da placa gráfica mantém-se, o que faz sugerir que este tablet será mais do que ideal para passarmos algumas horas a correr jogos com gráficos poderosos.

Apple iPad 4: primeiras impressões

A experiência de utilização parece ter sofrido pouquíssimas alterações, algo que iremos aprofundar numa análise mais detalhada a este tablet.

Um dos aspectos mais atraentes no iPad 4 passa pelo fantástico ecrã Retina que estava presente na itineração anterior do dispositivo e que mantém as mesmas características, ou seja, continua a ser totalmente convidativo para uma experiência HD impressionante. Mas este é apenas um dos aspectos em que não conseguimos encontrar quaisquer diferenças para com o modelo anterior, o que nos faz pensar que a Apple talvez o tenha lançado demasiado rapidamente no mercado.

Apple iPad 4: primeiras impressões

Também em termos de câmara as características mantém-se idênticas, embora este seja uma funcionalidade que optemos antes por utilizar num smartphone. A esmagadora diferença entre este iPad e o anterior? Como já referimos, e pelo menos à primeira vista, trata-se do conector Lightning Cable, que aqui encolheu para o novo ‘standard’ que a Apple pretende vir a utilizar nos seus futuros dispositivos. Quanto ao iOS 6, é sem dúvida um sistema operativo user friendly, fluído e leve – daí não ser realmente necessário ‘quitar’ o iPad 4 com especificações técnicas mais ‘brutas’.

O Apple iPad 4 vai ser o nosso fiel companheiro ao longo dos próximos dias, pelo que vamos aprofundar a nossa opinião sobre este tablet! Quanto aos leitores, algum é utilizador deste tablet? O que acham dele? Deixem-nos o vosso feedback!

Apple iPad 4: primeiras impressões