Skip to main content

Bug 2000: Parques de estacionamento de Lisboa compatíveis

Os sistemas informáticos dos parques de estacionamento subterrâneos de Lisboa estão preparados para enfrentar o Bug 2000, não devendo ocorrer perturbações que impossibilitem retirar, depois da meia noite de 31 de Dezembro, os automóveis estacionados.

«Lisboa, 28 Dez (Lusa) – Os sistemas informáticos dos parques de estacionamento subterrâneos de Lisboa estão preparados para enfrentar o Bug 2000, não devendo ocorrer perturbações que impossibilitem retirar, depois da meia noite de 31 de Dezembro, os automóveis estacionados. A garantia foi dada hoje à Agência Lusa por Maria de Jesus Lopes, presidente da Associação Nacional das Empresas de Parqueamento (ANEP), que agrega na área metropolitana de Lisboa as quatro entidades privadas que exploram os 11 parques subterrâneos da capital. Entre 31 de Dezembro e 01 de Janeiro, o estacionamento subterrâneo estará disponível 24 horas por dia, como é habitual, disse Maria de Jesus Lopes, acrescentando que a compatibilidade do equipamento informático destes parques com o ano 2000 já foi testada, encontrando-se operacional. Relativamente aos espaços de superfície, cerca de 30.000, a Empresa Pública Municipal de Estacionamentos de Lisboa (EMEL), responsável pela sua exploração, assegurou à Agência Lusa a compatibilidade do software do equipamento utilizado (parquímetros) com o ano 2000. Uma fonte da Administração da empresa admitiu, contudo, que algumas (poucas) máquinas mais antigas poderão registar problemas, mas os dias de sábado e de Domingo (1 e 2 de Janeiro de 2000) permitirão efectuar os últimos testes e alterações adequados. A EMEL começou a preparar-se para enfrentar o bug 2000 há meses, contactando os seus fornecedores de equipamentos para avaliar o seu grau de compatibilidade. Segundo Tavares Vale, da administração da EMEL, os parques explorados pela empresa estão em condições de funcionar normalmente em 2000.»