Bug/2000: Teste da PT terminou com sucesso e sem problemas

Durante o teste, os técnicos da PT avaliaram o comportamento das redes e dos serviços prestados na passagem para os dias 01 e 02 de Janeiro de 2000 e no “regresso ao passado”, na manhã de hoje.

«Lisboa, 25 Jul (Lusa) – A Portugal Telecom (PT) considerou que o ensaio do “bug do milénio”, que terminou hoje em Aveiro às 09:00, foi um sucesso, tendo as telecomunicações decorrido com normalidade em toda a sua infrastrutura.O teste, iniciado sexta-feira à noite, consistiu no Adiantamento do relógio do computador central da PT em Aveiro (Quinta do Simão) para 31 de Dezembro de 1999, adiantando em cinco meses a entrada no ano 2000, de modo a antever os eventuais problemas nos sistemas decorrentes do chamado “bug”.O problema do “bug”, que motivou o teste, resulta do facto de, Por razões de economia das memórias dos computadores, os anos serem identificados por dois dígitos, o que poderá causar confusão entre os anos 1900 e 2000 no sistema informático. Durante o teste, os técnicos da PT avaliaram o comportamento das redes e dos serviços prestados na passagem para os dias 01 e 02 de Janeiro de 2000 e no “regresso ao passado”, na manhã de hoje. No período de demonstração em ambiente real foram avaliados os serviços telefónicos fixos e móveis, de transmissão de dados, da Internet, da TV Cabo, dos avançados em banda larga, da transmissão SDH da rede em longa distância, dos emissoees de teledifusão e dos feixes hertezianos da rede a longa distância. Também o comportamento dos equipamentos electrónicos de apoio e dos sistemas informáticos associados à tarifação, facturação e gestão da rede foram objecto de testes durante a “viagem no tempo” efectuada pela PT em Aveiro, durante 33 horas. “Tudo decorreu normalmente e sem interrupções ou erros no funcionamento dos serviços de telecomunicações e de transmissão de dados”, lê-se num comunicado da operadora telefónica. O teste envolveu 35 mil clientes, que foram convidados pela PT a utilizar telefones e computadores disponibilizados para o efeito. A transição para o ano 2000 tem vindo a ser preparada pela PT Desde 1997, envolvendo uma vasta equipa de técnicos e um investimento estimado em quatro milhões de contos, procurando que a passagem do ano se dê de forma natural e sem quebras de funcionamento. O ensaio do ano 2000 envolveu a Portugal Telecom, a TMN, a Telepac, a TV Cabo e a Marconi. Da parte da Telepac a simulação do ano 2000 é feita através de uma rede internet paralela, com ligações à rede telefónica e à RDIS, com servidores de teste para descodificação de endereços, autenticação e tarifação.»