Skip to main content

CardioSmart

Os espanhóis estão a desenvolver um Sistema Inteligente de Monitorização Cardíaca que utiliza as redes GPS/GPRS.

A empresa Teleasistencia Cardiotest e a AICIA da Universidade de Sevilha estão a desenvolver em conjunto um projecto que visa melhorar a qualidade de vida dos doentes com insuficiências cardíacas, através de um aparelho de monitorização cardíaca utilizando redes GPS/GPRS.

Este projecto consiste na criação e realização de um electrocardiógrafo portátil e inteligente com ligação rádio GPRS, capaz de monitorizar a actividade cardíaca dos pacientes detectando automaticamente as principais falhas do coração e transmitindo-as posteriormente para um centro médico receptor.

Este último desenho compreende vários sub-sistemas: um sistema micro-controlador para a análise do sinal, um sistema de comunicação que engloba uma ligação de dados GPRS/GSM e um sub-sistema de alimentação. O módulo utilizado para a comunicação de dados é um modem GSM/GPRS.

Eis o protótipo do dispositivo na foto:

O esquema global inclui ainda um centro remoto receptor com uma equipa médica que fornece uma atenção de 24 horas perante uma qualquer emergência, uma base de dados e um servidor de Internet, onde os dados do ECG podem ser armazenados, partilhados entre especialistas e consultados por outros hospitais.

A figura 2 mostra um esquema básico da rede de cardiologia proposta baseado no terminal PAC, o centro receptor e o aceso Internet. Uma estação base permite a comunicação GPRS utilizando apenas a rede telefónica para prevenir os atrasos de Internet incontroláveis.

O reconhecimento automático das falhas cardíacas é uma prioridade dos pacientes para melhorar a sua qualidade de vida. Como consequência, o processador digital implementa várias etapas de pré-processamento do ECG:

– Primeiro, um detector QRS para o cálculo da frequência cardíaca. Deve-se proteger o sinal perante o ruído interferente devido aos componentes electrónicos e ao modem rádio.
– Algunas arritmias serão detectadas utilizando técnicas de reconhecimento de padrões. Através da comparação do sinal com o electrocardiograma normal uma rede neuronial é capaz de classificar as diferentes classes de enfermidades do coração.
– Uma vez detectada uma actividade anormal do coração pelo processador, o sistema liga-se automaticamente ao centro médico para transmitir a informação. Para reduzir o custo da transmissão GPRS, relacionado com a quantidade de dados transmitidos, será implementado um algoritmo de compressão. Ficou demonstrado que estes algoritmos são muito eficientes na redução do número de pacotes transmitidos (taxa de compressão 8:1).
– Para além disso a informação do sinal ECG será encriptado para cumprir com as leis nacionais e internacionais que determinam a privacidade e segurança da informação médica.

O principal objectivo foi o de melhorar a qualidade de vida dos pacientes cardíacos para evitar que sejam confinados a hospitais, sentindo-se livres de caminhar e inclusive viajar para qualquer parte sob a supervisão de um cardiologista ou de um especialista de um hospital. Os cuidados médicos são quase instântaneos graças a um canal de voz que inclui a ligação GSM e permitirá uma conexão directa em caso de emergência.