CDMA já funciona na China

Unicom inaugurou a primeira fase da sua rede, com capacidade para 15.5 milhões de utilizadores.

O CDMA (Code Division Multiple Access) é uma rede de segunda geração e meia na qual a China Unicom está a investir o equivalente a 2.9 biliões de dólares a nível nacional, para grande alegria da companhia norte-americana Qualcomm que detém as patentes e direitos. Yang Xianzu, presidente do operador chinês, declarou à agência Xinhua que, na primeira fase, a sua rede CDMA tem a capacidade para suportar 15,5 milhões de utilizadores, cobrindo já 330 cidades em 31 províncias chinesas. Já está em construção a segunda fase da rede que, quando completa, elevará a sua capacidade par 50 milhões de utilizadores.