CeBIT atrai novos expositores

Pacote especial para PMEs.

A maior novidade da próxima edição da CeBIT é a criação do pacote Newcomer Especial, dirigido a empresas que se apresentem pela primeira vez no certame, sobretudo as de menor dimensão. Por 4.990 euros, inclui o espaço típico de 15 metros quadrados, os serviços e as taxas, quatro cartões de expositor e 300 passes de visitante.

Após algumas desistências de peso (saiba mais clicando aqui), a organização da CeBIT lançou-se na apresentação em diversos países, de resto como já é hábito em anos anteriores. E, na sessão realizada em Lisboa, além de outros dados que já noticiámos, revelou que a presença portuguesa está assegurada pela Aveidigital e pela Mactek.

O objectivo, porém, é conseguir cinco marcas portuguesas a expor no certame, para o que é esperado um contributo através da cooperação com a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, desde logo no planeamento da viagem.

Tendo em conta os dados provisórios (desta semana), o número de expositores na CeBIT passou dos 6.246 da última edição para 6.350 já inscritos na próxima. A Alemanha assegura quase metade (3.020 expositores) e, nos restantes 3.330, destaca-se novamente Taiwan com 766 (a China continua a ser o segundo país mais representado mas fica-se pelas 389 presenças).

A RFID (Radio Frequency Identification) e a segurança em termos de tecnologias de informação e comunicações são dois dos principais temas do evento, e o mercado das telecomunicações estará em foco com sete pavilhões da feira. A cerimónia de abertura terá como orador o CEO da Vodafone Arun Sarin.

Os operadores de VoIP recebem na próxima CeBIT uma nova plataforma separada, com direito a uma mostra especial no pavilhão 13 (400 metros quadrados), onde haverá conferências e um debate específico sobre o tema «VoIP @ CeBIT».