Skip to main content

CERN diz que Neutrinos são porta para viajar no tempo

CERN estuda partículas mais rápidas que a luz. Neutrinos poderão abrir portas para viagens no tempo, segundo CERN, contrariando a teoria de Einstein.

cern-luz-neutrinosNo Conselho da Organização Europeia para a Investigação Nuclear (CERN) já se fala na possibilidade de viajar no tempo. A recente descoberta de partículas mais rápidas que a luz (Neutrinos) vieram abalar os alicerces da teoria de Einstein, que afirma que não deveria existir algo mais rápido que a luz.

O CERN anunciou esta descoberta após ter obtido resultados até então considerados impossíveis, quando os Neutrinos registaram velocidades 60 nanossegundos mais rápidos que a luz.

«Se esta experiência se confirmar haverá uma enorme revolução na física, que trará graves consequências, porque há uma quantidade de coisas que achávamos que estavam descobertas e afinal não estão», referiu Gaspar Barreira, cientista português do CERN.