• Início
  • Tecnologia
  • Comissão Europeia aprova transferência de produção da Ericsson

Comissão Europeia aprova transferência de produção da Ericsson

Flextronis leva a melhor

Depois de anunciar, no passado dia 26 de Janeiro, a criação de um outsourcing (contratação de serviços a terceiros) com a Flextronics, a Ericsson viu agora a sua proposta aprovada pela Comissão Europeia. Assim, a empresa sueca tem permissão para abandonar o fabrico e distribuição de telefones móveis, que poderá passar para as mãos da Flextronics.

Depois de ter examinado o caso, a Comissão Europeia concluíu que apesar da aquisição da produção e distribuição de mais esta empresa, o mercado de produção de telefones móveis não corre o risco de enfrentar uma situação de monopólio. A Flextronics continua a contar com a concorrência de outras empresas tais como a Nokia, a Motorola, a Siemens, a Philips, a Cisco Systems e a Hewlett Packard.

A Comissão autoriza assim a operação de transacção que envolve retoma das instalações, da maquinaria e do equipamento, bem como da maior parte dos funcionários.

Recorde-se que, recentemente, responsavéis da companhia sueca vieram dar o dito pelo não dito, manifestando-se dispostos a manter a produção de telemóveis por conta própria. No entanto, e para o mercado europeu, parece que a transferência da produção para a Flextronics vai levar a melhor.

Notícias Relacionadas:
Ericsson afinal não abandona produção de telefones
Ericsson vai deixar de produzir telemóveis