Deve ser ingrato ser o melhor telemóvel da HTC

Sim, o HTC One será provavelmente o melhor telemóvel que a HTC já fabricou. Só é pena que a tendência seja para ser menos popular que o Samsung Galaxy S4.

Podemos dizer que a HTC é uma fabricante inovadora e responsável por excelentes produtos, embora ao contrário de rivais como a Samsung – que gozam de um merecido privilégio em termos de popularidade por entre os consumidores – a fabricante do Taiwan não tenha tido até à data o sucesso que poderia merecer. Não queremos com isto afirmar que a HTC é melhor ou pior que a Apple ou a Samsung, mas que é definitivamente uma empresa que ficou ofuscada pelas suas duas rivais.

E a tendência poderá vir a repetir-se em 2013: a HTC apresentou no passado dia 19 o HTC One, que é possivelmente (e só nos referimos a esta hipótese porque de facto não tivemos oportunidade de o experimentar ainda) o melhor telemóvel que a HTC já fabricou.

HTC-One-01

Apresenta um design fantástico (a HTC voltou a abandonar o formato dos cantos arredondados, possivelmente por ter resolvido a sua disputa legal com a Apple), especificações técnicas monstruosas – não vem com nenhum processador octa-core, mas será que precisamos mesmo de tal capacidade de processamento num telemóvel? – e uma renovada interface Android que não só parece ser esteticamente mais apelativa, como também aparenta ser mais fluida e funcional (a julgar pelo feedback que até à data tem gerado pelos meios de comunicação que já o testaram).

A apresentação de um smartphone de alto nível não foi propriamente uma novidade. Se nos recordarmos de 2012, a HTC introduziu no mercado o HTC One X, o qual era até à altura o melhor dispositivo Android do mercado – e foi o motivo pelo qual a apresentação do Samsung Galaxy S3 não nos impressionou especialmente, já que muitas das suas funcionalidades já se encontravam no Samsung Galaxy S3. Só que mais uma vez, o timming da HTC poderá ter prejudicado o sucesso do seu novo produto.

Deve ser ingrato ser o melhor telemóvel da HTC

A bottomline é que a HTC não só se esforçou para apresentar um bom produto, competitivo e diferente dos seus concorrentes, como conseguiu criar um smartphone que transpira elegância e inovação. Mas foi impossível deixarmos de reparar numa preocupação generalizada com a possibilidade do HTC One não gozar do merecido sucesso por possivelmente vir a ficar à sombra do Samsung Galaxy S4, que será apresentado já no dia 14 de Março.

Não invalida que a HTC se tenha excedido e lançado um produto fantástico. E é um facto que não podemos afirmar que o HTC One é o melhor dispositivo do mercado enquanto os seus rivais não estiverem ‘cá fora’ para os compararmos, mas por enquanto podemos afirmar definitivamente que foi a melhor surpresa que tivemos até à data em 2013.