E se a expectativa trair o iPhone?

Mercado já especula.

O iPhone chega nesta sexta-feira ao mercado norte-americano (e no final do ano à Europa), mas desde que a a Apple fez o anúncio, há alguns meses, a expectativa tem vindo a crescer muito no mercado.

A AT&T, operador que tem o exclusivo de lançamento nos EUA, afirma ter registado mais de um milhão de pré-registos do novo equipamento. E muito se tem dito e escrito sobre o novo equipamento que conjuga telemóvel com iPod.

Mas a Agência Reuters dá agora voz a alguns analistas que prevêem desilusões: «Este é o telefone mais esperado desde o de Alexander Graham Bell».

Passe o exagero dessas declarações de Michael Gartenberg, analista da Jupiter Research, as grandes expectativas em torno do equipamento podem mesmo gerar algumas desilusões. Mas ninguém tem dúvida que o fenómeno dos telemóveis e o sucesso do iPod parecem bem conjugados neste equipamento. E o “renascido” Steve Jobs e a sua Apple só podem ter aprendido com os erros do passado, pelo que também é difícil acreditar que os 10 milhões de unidades previstas pela empresa para o primeiro ano do iPhone não sejam alcançadas. Ou superadas.

Conheça no nosso expositor o mais esperado equipamento dos últimos tempos clicando aqui.