Ericsson e Nortel mal encaminhadas

Resultados insatisfatórios compelem a despedimentos. 20 mil no caso da firma sueca.

Face a estes resultados deverão ser eliminados no decurso do corrente ano 20 mil postos de trabalho. A Nortel, por seu lado, revelou que não espera um crescimento de resultados para o segundo semestre e despediu cerca de três mil trabalhadores, numa demonstração de que cada vez menos os investidores pouco crêem na recuperação da empresa. A firma canadiana apresentou ainda os valores relativos ao primeiro trimestre que estão em consonância com as estimativas dos analistas correspondentes a uma quebra nas receitas de cerca de 50 porcento, ou perto de 2,9 biliões de dólares.