Ericsson envia equipamentos e ajuda para o Haiti

A Ericsson responde a um pedido de ajuda da ONU e envia mini sistemas GSM e telemóveis para as equipas humanitárias e diversos técnicos em telecomunicações voluntários.

A Ericsson tem 20 funcionários em stand by e já enviou 4, todos especialistas em telecomunicações assim como um contentor recheado de equipamentos para ajudar da prestação de auxilio e nas comunicações na zona do terramoto. Todo o pessoal e equipamento será transportado pelas Nações Unidas. Rima Qureshi, presidente da Ericsson Response, afirmou: “Sabemos de experiências anteriores o quanto é importante para as equipas de salvamento e ajuda coordenarem as suas operações usando as telecomunicações móveis. Permite-lhes criar estratégias, solicitar ajuda e comunicar com o mundo exterior, entre eles e e com os mais afectados pela catástrofe.” Em 2009, a Ericsson Response prestou ajuda no Congo, no Sudão, na Indonésia e nas Filipinas. A Ericsson Response foi criada em 2000 e é o resultado de uma convicção da Ericsson de que o acesso ás comunicações é fundamental nos períodos seguintes a um desastre e criou parceiras com diversas organizações humanitárias internacionais, como é o caso da ONU. Por Cristina Brites Telemoveis.com