Ericsson revoluciona

O fabricante sueco vai apresentar um telemóvel capaz de fazer a troca entre uma rede GSM e outra 3G, sem que a chamada caia.

A Ericsson afirma já ter feito a apresentação do seu terminal na capital sueca, perante representantes dos operadores Telia e Hutchinson Whampoa. Recorde-se que a Hutchinson Whampoa vai ser dos primeiros operadores a lançar serviços 3G na Europa, mas Canning Fok, um director-geral da empresa, tinha alertado em Julho para o facto das conversações poderem sofrer interrupções quando um cliente se movesse entre redes GSM e 3G, um processo denominado de handover. Segundo uma notícia publicada no The Wall Street Journal, ainda não é totalmente claro se os restantes fabricantes de terminais já debelaram o problema do handover, mas até agora tanto a Nokia (que irá apresentar o seu primeiro terminal de 3G na quinta-feira), como a Motorola não quiseram fazer quaisquer comentários acerca deste assunto. Embora a Ericsson já não fabrique terminais, desenha os componentes electrónicos dos telemóveis e depois vende esses padrões aos manufactores. A Sony Ericsson e a sul coreana LG Electronics Co. já patentearam o padrão 3G da Ericsson.