Skip to main content

Espanhóis criam telemóvel de pulso

Foi registada por investigadores espanhóis a patente de um telemóvel de pulso.

Os dois módulos comunicam entre si por um sistema integrado que permite a realização e a recepção de chamadas pelo controlo localizado no próprio pulso. Para conversar com o interlocutor, o utilizador deve posicionar o braço de maneira semelhante à usada com um telefone convencional, com a mão junto á cara numa atitude algo à agente secreto.

Segundo os seus criadores, no Centro de Pesquisa Femar Group, de Alicante, o novo terminal poderá ser usado inicialmente como uma extensão do actual telemóvel. Pode ser adaptado ao aparelho convencional, que passaria então a ser operado pelo dispositivo na pulseira e poderia tornar-se numa agenda eletrónica do tipo PDA.

O primeiro protótipo comercial deverá ser construído no início do próximo ano.