Europeus aderem “pouco” ao iPhone

Números moderados na procura

O Apple iPhone estreou-se nas vendas europeias na passada sexta-feira mas a procura foi menor do que eventualmente esperado pelo mercado, pelo menos face à euforia que vem dominando o sector nos últimos meses e que se reflectiu no primeiro dia de vendas nos EUA, em Junho passado, que atingiu as 180 mil unidades.

Assim, e mesmo salvaguardadas as devidas proporcionalidades, o primeiro dia de vendas na Alemanha não foi além da 10 mil unidades e no Reino Unido ficou-se pelas 8 mil, de acordo com números revelados pela imprensa.