Facebook: adolescente foi paga para largar rede social

Nos EUA, o Facebook esteve na origem de contrato entre adolescente e pai – jovem de 14 anos recebeu 200 dólares para abandonar Facebook durante 5 meses.

Facebook: adolescente foi paga para largar rede social

Que o Facebook é um vício já todos sabemos: dependendo do grau de vício dos seus utilizadores, a rede social de Mark Zuckerberg pode inclusive ter impacto (negativo) na sua respectiva vida sexual. Talvez tenha sido precisamente para prevenir uma vida inteira passada em frente ao PC que um pai norte-americano assinou um contrato com a sua filha de 14 anos, onde prometia pagar $200 à adolescente caso esta conseguisse permanecer cinco meses sem visitar o Facebook.

Curiosamente esta foi uma iniciativa que partiu da própria adolescente, que refere necessitar de ganhar dinheiro. As obrigações contratuais permitiram ao pai da adolescente alterar a password da conta da filha de forma a impedir que esta tenha recaídas durante o período combinado, o qual só chegará ao fim no último dia de aulas da adolescente.

Mas nem tudo no Facebook é considerado negativo. Que o digam estas duas irmãs bósnias que se voltaram a reencontrar graças à rede social, 72 anos depois.