Flate Rate: Dia D é hoje

Termina hoje o prazo estabelecido pelo ICP para os operadores chegarem a acordo em relação aos valores da tarifa fixa de acesso à internet

O prazo estabelecido pelo Instituto das Comunicações de Portugal (ICP) para a PT e os operadores chegarem a acordo relativamente aos preços fixos de acesso à Internet termina hoje. O ICP recomendou em Janeiro à PT Comunicações que as tarifas planas de acesso à Internet não excedam 2.000$00 no horário económico e 4.000$00 em regime de oferta ilimitada, revendo em baixa os valores sugeridos pela PT. Na passada semana, o primeiro-ministro avisou por várias vezes que, se não forem resolvidas as dificuldades que têm estado a impedir a entrada em vigor do preço fixo para acesso à Internet, o Governo impô-lo-á por decreto-lei. Na altura, Guterres salientou não estar a lançar um ultimato mas sim a fazer um aviso à navegação. A propósito do fim do prazo, a organização do Protesto Flate Rate está a apelar à realização, hoje, por parte dos consumidores, de algumas formas de expressão de desagrado. Notícia relacionada: Crónica de uma flat rate adiada