Skip to main content

Huawei e ZTE são alvos de desconfiança dos EUA

Huawei e ZTE são ambas alvos da desconfiança dos EUA, que acusam empresas chinesas de não garantirem independência face à influência da China.

A Huawei e a ZTE, duas empresas gigantes no mercado das telecomunicações, são consideradas empresas em risco de serem utilizadas para espionagem ou ciberataques, de acordo com as informações avançadas pelo Dinheiro Vivo.

Huawei e ZTE são alvos de desconfiança dos EUA

Em causa terá estado uma investigação, decorrida ao longo de 11 neses, que concluiu que as duas empresas não são suficientemente independentes de Pequim – o Comité que levou a cabo esta investigação considera que a China tem, na Huawei e ZTE, recursos com a capacidade, oportunidade e motivação para utilizar as empresas de telecomunicações para fins maliciosos.

A respeito das suspeitas norte-americanas, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da China já veio afirmar que tanto a Huawei como a ZTE desenvolveram os seus negócios internacionais  em cima de princípios da economia e do mercado, cujos investimentos podem beneficiar os dois países.

Publicidade