Skip to main content

Investigadores japoneses averiguam relação Telemóvel / Cancro

As autoridades nipónicas decidiram investigar, ao longo dos próximos dois anos, a possível relação entre as ondas electromagnéticas dos telemóveis e os tumores cerebrais.

Tóquio, 02 Mai (Lusa) – As autoridades nipónicas decidiram investigar, ao longo dos próximos dois anos, a possível relação entre as ondas electromagnéticas dos telemóveis e os tumores cerebrais, refere hoje a imprensa local. Segundo o jornal Asahi, o estudo, que se iniciará em Setembro, faz parte do trabalho desenvolvido pela Agência Internacional para a Investigação do Cancro, organismo que depende da Organização Mundial da Saúde (OMS). O Ministério dos Correios e Telecomunicações é a entidade responsável pela investigação, através de entrevistas a vários milhares de habitantes das cidades de Tóquio e Osaka, incluindo doentes com tumores cerebrais, utilizadores frequentes ou esporádicos do telemóvel. As conclusões da investigação poderão ser divulgadas em 2004 e ajudar e definir se a utilização do telemóvel tem efeitos negativos na saúde. “De momento não existem provas de que as ondas electromagnéticas desses aparelhos sejam nocivas”, disse ao jornal um funcionário do Ministério das Telecomunicações do Japão, país onde a utilização do telemóvel tem registado um crescimento acelerado.»