JP Morgan sobe estimativas da Vivo

A casa de investimento prevê ainda um maior crescimento do mercado brasileiro de telemóveis este ano.

A JP Morgan espera que o número de clientes de telemóveis atinja os 57,7 milhões este ano, dos quais cerca de 23,6 milhões serão da Vivo, joint-venture da Portugal Telecom e da Telefonica no Brasil. Em 2003, havia 46,128 milhões de cliente de telemóveis no Brasil, tendo a Vivo conseguido angariar 20,657 milhões. Até 2007, a JP Morgan espera que a Vivo chegue aos 28,657 milhões de clientes. A casa de investimento subiu assim as estimativas para as receitas e o EBITDA (resultado antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) da Vivo. A JP Morgan espera que as receitas cresçam para 11,258 mil milhões de reais (3,237 mil milhões de euros), ligeiramente acima dos 11,265 mil milhões de reais (3,239 mil milhões de euros) inicialmente previstos e contra os 9,518 mil milhões de reais (2,73 mil milhões de euros) de 2003. O EBITDA deverá crescer para 4,435 mil milhões de reais (1,27 mil milhões de euros), em vez dos 4,283 mil milhões de reais (1,23 mil milhões de euros) que a JP Morgan previa anteriormente. Em 2003, a Vivo registou receitas de 3,5 mil milhões de reais (mil milhões de euros).