Skip to main content

Lançamento de satélite turco de telecomunicações foi adiado

O lançamento do foguete Ariane, que deverá colocar em órbita um satélite turco de, voltou a ser hoje adiado devido as más condições meteorológicas.

O lançamento do foguete Ariane, que deverá colocar em órbita um satélite turco de telecomunicações a partir da base espacial de Kuru (Guiana francesa), voltou a ser hoje adiado devido as más condições meteorológicas. “Os ventos fortes impediram que o lançamento pudesse ser efectuado com segurança, pelo que foi adiado para quarta-feira”, declarou Odile Labaurie, porta-voz da Arianespace. Se as condições meteorológicas permitirem, está previsto que o foguete europeu descole de Kuru numa janela de tiro entre as 22:09 e as 23:53 TMG (mesma hora em Lisboa) de quarta-feira. O lançador não pôde abandonar a base de Kuru na segunda-feira devido ao mau tempo. Inicialmente, o voo 137 do Ariane estava previsto para dia 08 de Dezembro mas verificações técnicas no satélite turco atrasaram o lançamento. Construído graças a um acordo entre a Eurasiasat SAM e o fabricante Alcatel Space, o satélite turco deverá manter nos próximos 15 anos os serviços de telecomunicações entre a Europa Ocidental, o Médio Oriente, a Ásia Central e o Extremo Oriente. No futuro, a Arianespace, encarregada da colocação de satélites em órbita, tem encomendas para lançar para o espaço 36 satélites e nove veículos para a Estação Espacial Internacional (EEI).