LG ataca Portugal em força

Quer ter novos terminais nos mais vendidos.

Depois de ter apresentado o seu portfólio de computadores, na semana passada, Byung Kwon Joo, presidente da LG Electronics Portugal, e António Aleixo, director para a área de telemóveis, apresentaram ontem, em Lisboa, as linhas-mestras da estratégia da empresa para o mercado nacional.

Segundo aqueles responsáveis, a LG, que já está no mercado nacional com telemóveis livres, pretende até ao Verão entrar nos três operadores portugueses e potenciar as vendas de modo a chegar ao final deste ano com um lugar assegurado entre as cinco marcas mais vendidas em Portugal.

A LG pretende «inovar, surpreender e responder às mais recentes e exigentes necessidades de um público considerado por ser ´early-adoptor` das novas tecnologias».

A ocasião serviu também para apresentar 12 novos telemóveis LG – cuja gama privilegia os segmentos de público mais sensíveis à tecnologia, música e multimédia, e design – que irão entrar nos circuitos de comercialização através das quatro ou cinco grandes cadeias de retalho, de acordo com António Aleixo.

Além disso, a tecnologia da LG estará especialmente voltada para a TV Digital Móvel, os terminais com câmara de 5 mpx e os modelos HSDPA.