LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

LG Prada 3.0 é terceira incurssão da combinação LG e Prada no segmento dos smartphones. LG Prada 3.0 apresenta interface Android 2.3 Gingerbread adaptada.

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

O LG Prada 3.0, nome pelo qual é conhecido o terceiro smartphone resultante da combinação estética da Prada com o design de hardware da LG, é um smartphone Android 2.3 Gingerbread equipado com uma interface de utilizador personalizada e direccionado para os utilizadores que procurarem um elemento mais glamouroso nos seus smartphones.

A grande questão que se prende neste smartphone, tal como noutros smartphones semelhantes, é a seguinte: será que estamos perante um smartphone em que o estilo predomina sobre o conteúdo ? Continuem connosco que tentaremos dar a nossa resposta – e opinião – baseados na nossa experiencia com o LG Prada 3.0.

Acessórios do LG Prada 3.0

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

Ém termos de acessórios, o LG Prada 3.0 vem equipado com o essencial: cabo microUSB para transferência de dados entre o PC e o smartphone, carregador adaptado com entrada USB e auscultadores. Os auscultadores incluem o logotipo da Prada, um add-on meramente estético.

Design do LG Prada 3.0

O LG Prada 3.0 é um smartphone estiloso. Com um design premium e luxuoso, estamos perante um smartphone equipado com um ecrã LCD de 4.3 polegadas, com os botões touch localizados na parte inferior da frente deste smartphone – um pormenor que à primeira vista poderá passar despercebido, tendo em conta que toda a parte frontal do smartphone é preta. Aqui temos que ser honestos: apesar de ser um pormenor estético interessante, em termos funcionais não podemos dizer o mesmo. Quando estamos a utilizar o LG Prada 3.0 e os botões touch se desligam, torna-se incómodo e funciona um pouco contra a sua experiência de utilização – um pormenor ao qual fomos obrigados a habituar-nos ao longo das duas semanas de utilização que tivemos com o LG Prada 3.0.

LG Prada 3.0, review a smartphone Prada da LG

Os botões touch presentes no LG Prada 3.0 não fogem à norma e podem ser encontrados, na mesma ordem, noutros smartphones da LG: Menú, Ecrã Principal, Retorno e Pesquisa.

Um outro aspecto que se prende ao design do LG Prada 3.0, e que novamente nos remete para a questão da estética VS funcionalidade, é a localização de alguns dos botões físicos que estão presentes neste smartphone da LG. O botão de ligar/desligar/bloquear, por exemplo, está localizado na parte de cima do LG Prada 3.0 – é um botão pequeno e arredondado, localizado no lado direito da parte superior do LG Prada 3.0, e que por vezes requer alguma insistência da nossa parte para fazer aquilo que é suposto fazer. Apesar de ser um botão que não está identificado, o problema desta experiência está no facto de que a sua utilização não é tão simples como deveria ser, requerendo um pequeno esforço extra por parte dos utilizadores.

LG Prada 3.0, review ao smartphone Para da LG

O corpo do LG Prada 3.0, em si, apesar de ser claramente premium, não ocupa o primeiro lugar no nosso ranking de Smartphones mais Confortáveis de Utilizar, e isto manifesta-se quando seguramos o LG Prada 3.0 e, só com uma mão, tentamos alcançar alguns dos seus botões físicos. Na parte superior do LG Prada 3.0 encontramos também uma entrada microUSB, protegida com uma pequena cobertura slide que se revela bastante útil – ajuda a proteger a entrada microUSB do LG Prada 3.0.

Interface e Funcionalidades do LG Prada 3.0

O LG Prada 3.0, apesar de equipado com Android 2.3 Gingerbread, inclui uma interface de utilizador totalmente personalizada. Em termos estéticos é minimalista e recorre a contrastes a preto e branco, mas em termos puramente funcionais continua a ser o Android Gingerbread que todos conhecemos, adaptado pela LG.

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

A interface do LG Prada 3.0 aparenta sofisticação e apresenta, de facto, uma experiência de navegação muito agradável. Também os Widgets personalizados têm uma aparência elegante e cativante e permitem tirar partido do esquema de cores utilizado na interface do Prada 3.0. Contudo, este esquema de cores é limitado, e todas as novas aplicações instaladas não se irão adaptar ao design aqui adoptado.

Os serviços da Google já disponíveis no LG Prada 3.0, por exemplo, já nos são mais familiares e apresentam a estética a que já estamos habituados, no que diz respeito ao design dos ícones de apps para Android, a cores.

Câmara e Multimédia no LG Prada 3.0

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

 O LG Prada 3.0 vem equipado com uma câmara de 8 MP, com Flash. Temos que ser honestos: apesar da qualidade das fotos ser perfeitamente razoável, esperávamos mais e melhor. Como fãs de contrastes que somos, ficámos algo desapontados pelas fotografias do LG Prada 3.0, que apresentam tons mais secos e mortos. A interface da câmara digital, por sua vez, é bastante simples de utilizar.

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

Podemos dizer algo semelhante a respeito do suporte de vídeo: o LG Prada 3.0 suporta gravação de vídeos em formato Full HD (1080p), mas os contrastes simplesmente não apresentam vivacidade suficiente.

Quanto ao suporte multimédia, pelo menos no que diz respeito ao suporte de ficheiros áudio não ficámos nada desapontados: o LG Prada 3.0 suporta formatos como MP3, AAC, AAC+, eAAC+, EC3 e DTS, além de também suportar formatos vídeo como MPEG4, H.264 e DivX. Em termos de experiência multimédia, o LG Prada 3.0 é um smartphone bastante interessante.

Temos que ser honestos e afirmar que não esperávamos que tivéssemos uma experiência tão agradável, mas ver filmes no LG Prada 3.0, por exemplo, é extremamente agradável. Conteúdos em alta definição, por exemplo, apresentam não só uma boa qualidade de imagem como também apresentam melhorias muito significativas na experiência áudio do LG Prada 3.0, especialmente quando recorremos aos auscultadores.

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

Mas nunca nos cansamos de referir que somos fãs de smartphones/telemóveis que nos garantam uma boa experiência de áudio. E este foi, para nós, possivelmente o ponto alto do LG Prada 3.0. A interface do leitor de áudio segue a tendência minimalista da UI do smartphone, mas apresenta mais opções além dessas – permite-nos, por exemplo, aceder a um equalizador e alterarmos as suas definições, o que por si só vai ter impacto em toda a experiência áudio das nossas playlists.

Sublinhamos ainda que o leitor de áudio do LG Prada 3.0 inclui um contador que nos permite programá-lo para se desligar automaticamente após X tempo de playback – e sabem o que isto quer dizer ? Aqueles utilizadores que apreciam ouvir música quando se vão deitar, por exemplo, não têm que se preocupar em ter que desligar o smartphone quando sentem os olhos mais pesados. O LG Prada 3.0 encarrega-se disso por ele próprio.

Internet e Conectividade do LG Prada 3.0

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

Quando navegamos na Web, a nossa preferência geralmente recai sobre as ligações Wi-Fi disponíveis. E foi com recurso intensivo a redes Wi-Fi que experimentámos navegar na Internet pelo LG Prada 3.0. O suporte revelou ser bastante bom, além de que o ecrã possui o tamanho ideal para usufruir de uma experiência de navegação muito completa dentro do segmento smartphone.

O Pinch-to-Zoom foi realizado de forma bastante suave e o texto adaptou-se ao ecrã, reservando sempre espaço em ecrã para nos permitir navegar e ler textos. Quando abrimos várias páginas Web, por exemplo, podemos navegar entre elas como se num carroussel se incluíssem. O suporte Flash no LG Prada 3.0 também nos pareceu ser nativo e, de facto, o carregamento de conteúdos Flash foi superior às nossas expectativas iniciais.

O browser do LG Prada 3.0 inclui ainda uma interessante opção, mas que futuramente poderia ser melhorada – ao navegarmos por várias páginas Web, por exemplo, temos disponível uma opção para Ler Mais Tarde conteúdos. Ao contrário do que se poderia pensar, o LG Prada 3.0 não vai guardar estas páginas em modo offline. Ou seja, da próxima vez que as abrirmos, se não tivermos uma ligação à Internet disponível ficaremos impedidos de ler a página que guardámos.

Performance do LG Prada 3.0

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

O LG Prada 3.0 vem equipado com um processador dual core de 1 GHz, o que à partida lhe garante uma prestação acima da média e apta para tolerar multitasking. Mas aqui o ecrã de 4.3 polegadas joga um pouco contra a própria autonomia de bateria do smartphone, já que tanto o ecrã como o próprio processador são algo exigentes. Se a isso acrescentarmos horas a ouvir música, várias vezes nos vimos obrigados a carregarmos o LG Prada 3.0 diariamente.

Não significa que o LG Prada 3.0 não aguente um dia sem necessidade de recarregar a bateria, mas se os seus utilizadores tirarem partido de várias das suas funcionalidades, como é o caso dos acessos à Web, do suporte Wi-Fi ligado e de notificações frequentes sobre actualizações em redes sociais ou e-mails, juntamente com algumas horas a ouvir música, então a bateria irá requerer uma pequena intervenção.

Conclusões sobre o LG Prada 3.0

LG Prada 3.0, review ao smartphone Prada da LG

Tivemos alguns altos e baixos durante a utilização do LG Prada 3.0, mas eis a nossa opinião: quem valorizar a estética e o design de um produto, poderá ter aqui uma excelente opção, já que este é um smartphone que prima especialmente por isso. E o hardware, mesmo que não seja considerado topo-de-gama actualmente, consegue manter uma prestação bastante decente.

Em geral, gostámos do LG Prada 3.0. O design é sem dúvida interessante, mas também a sua qualidade de construção – não é apenas um smartphone bonito, é também bastante leve e fino, especialmente tendo em conta o seu tamanho. Apesar de alguns problemas não propriamente relacionados com a sua ergonomia, mas com a construção dos botões, este não é um smartphone desconfortável de se usar.

O LG Prada 3.0 também apresenta suporte NFC e, apesar de não ser uma funcionalidade especialmente popular por cá, poderá revelar-se mais útil um dia. Também ficámos satisfeitos com a quantidade de aplicações que o LG Prada 3.0 inclui já de origem.

No entanto, um smartphone que aparenta tanta sofisticação poderá desiludir em alguns aspectos. A resolução do ecrá, para começar, é razoável (400 x 800), mas um ecrã tão largo bem que poderia processar mais píxeis. Também não podemos deixar de sentir que estamos perante um smartphone cuja aparência parece ter maior importância do que a sua funcionalidade e prestação.

Classificação do LG Prada 3.0

Acessórios: 8,19

Design: 7,75

Interface e Funcionalidades: 7,35

Câmara e Multimédia: 6,93

Internet e Conectividade: 8,20

Performance: 7,30

Extras: 7,90

__________________________________________

CLASSIFICAÇÃO FINAL: 7,66