Lucros caem 57% e Siemens vai eliminar 1.600 postos de trabalho

Os lucros da empresa caem 57% devido à queda da procura dos produtos.

O lucro líquido do grupo tecnológico alemão Siemens caiu, nos três primeiros trimestres fiscais, 3.560 milhões de euros, 57 por cento menos relativamente ao mesmo período do ano passado, devido à queda da procura. A Siemens anunciou, esta quinta-feira, que irá eliminar 1.600 empregos na sua divisão industrial na Alemanha devido à crise económica. O número de encomendas baixou 15%, nos primeiros nove meses deste ano fiscal, (que termina a 30 de Setembro) para 60.244 milhões de euros. A crise económica levou muitos clientes da Siemens a adiar os seus projectos, diminuindo a procura.