Skip to main content

Melhores apps para instalar e começar o primeiro mês de 2024 com o pé direito

Imagem de Ian Schneider por unsplash Quer chegar ao fim deste ano e orgulhar-se de ter alcançado todas as metas às quais se propôs? A melhor forma de não se perder ao longo dos meses é tendo uma app que envie notificações para o seu telemóvel e o ajude a manter a consistência.Neste conteúdo vamos […]

Imagem de Ian Schneider por unsplash

Quer chegar ao fim deste ano e orgulhar-se de ter alcançado todas as metas às quais se propôs? A melhor forma de não se perder ao longo dos meses é tendo uma app que envie notificações para o seu telemóvel e o ajude a manter a consistência.
Neste conteúdo vamos partilhar algumas das apps que o podem ajudar ao longo do ano para que chegue ao final de 2024 e se orgulhe de ter alcançado a maioria das suas metas – se não todas!

As melhores apps para alcançar as metas deste ano de 2024

Imagem de Yura Fresh por unsplash

1. Clockify

O Clockify é uma app de gestão de tempo que pode ser usada no telemóvel ou acedida através do navegador. Esta é ideal para gerir quanto tempo gasta em cada uma das suas metas de ano novo por ser possível usar o cronómetro associado a cada uma das mesmas.

2. Sunsama

A Sunsama é uma app simples, sem grandes distrações, ideal para pessoas que tenham dificuldade em manter o foco ou se distraiam facilmente. O nosso conselho é dividir a sua meta em metas menores e distribuí-las ao longo das semanas nesta app. Ao concluir uma sessão ou tarefa associada à meta, clique no ícone de tarefa concluída.

Imagem de Arek Adeoye por unsplash

3. Apps exercício físico e bem-estar

Se o objetivo para este ano é melhorar a forma física, apps como Caliverse ou RunDay são boas opções por enviarem notificações aos seus utilizadores. A app Caliverse baseia-se em treinos de calistenia e pode, inclusive, encontrar alguns parques para fazer os seus treinos. Já para quem prefere uma boa aula de yoga, a app Pocket Yoga é simples e intuitiva.
Já se quer estar mais no presente, apps como Headspace e Calm têm meditações que o vão ajudar.

4. Mais leitura neste ano

Sabia que no Goodreads pode adicionar a sua meta de leitura anual e a própria aplicação diz-lhe quantos livros tem de ler por semana para a alcançar? E, se se atrasar, a app recalcula, dando-lhe um novo valor semanal. Para ler, as apps Kindle e Kobo são excelentes opções, sendo que a app de leitura da amazon até lhe diz se tem lido todos os dias ou não.

5. Aprender uma nova língua? Porque não?

Tal como acontece com algumas apps de leitura, as apps de aprendizagem de idiomas também lhe dizem quantos dias seguidos está a aprender, o que pode ser motivador para alguns. As notificações são uma excelente forma de não se esquecer de estudar a nova língua. Apps como Duolingo, Busuu ou o AnkiDroid para cartões de memorização são as nossas recomendações.

Imagem de Windows por unsplash

6. Aprender outras habilidades

O que não falta são websites e apps de aprendizagem nos dias de hoje, tudo depende da nova habilidade que se quer aprender. O Coursera ou o Skillshare têm cursos que não acabam, embora no primeiro possa receber certificados. E não nos esqueçamos do Youtube, onde, hoje em dia, é possível aprender qualquer habilidade.

7. Metas financeiras

Se quer juntar mais dinheiro este ano, apps como o Boonzi ou semelhantes ajudam-no a ter clareza sobre as suas despesas e quanto precisa para as pagar e ainda quanto pode, realisticamente, pôr de lado para alcançar o seu objetivo. O melhor será ganhar o hábito de dar uma vista de olhos às finanças no início de cada mês (ou no dia em que recebe).

Imagem de Felix Rostig por unsplash

8. Viajar mais

E, para concluir, as apps como Momondo, Booking, Google Maps ou as apps de transportes (como Flixbus, myRNE, Comboios de Portugal, TAP Air Portugal e outras) e semelhantes ajudam-no a preparar as suas próximas viagens. A informação pode ser toda organizada em apps como Trello ou Notion.
Já se quer poupar um pouco nas viagens, a app do Cartão Continente pode ajudá-lo a ganhar milhas para usar na TAP, por exemplo.

E, claro, acima de tudo não se esqueça de ser realista com as suas metas. Se não for o caso, existe grande probabilidade de acabar desanimado e desistir da meta.