Skip to main content

Microsoft acusa Google de contornar Internet Explorer

Microsoft acusa Google de retirar informação de utilizadores do Internet Explorer. Google acusada do mesmo sobre utilizadores Apple Safari.

A Microsoft disse ter descoberto provas de que a Google ultrapassou as opções de segurança do Internet Explorer e retirou informações dos seus utilizadores.

Esta é a segunda acusação contra a Google sobre recolha de informações privadas de utilizadores de browsers. Recorde-se que a Apple já tinha revelado que a Google e o Facebook terão feito o mesmo em relação aos utilizadores do Apple Safari.

Microsoft acusa Google de contornar Internet Explorer

Dean Hachamovitch, chefe do Internet Explorer, disse que «a Google está a implementar um método semelhante – em relação ao Safari – para contornar as protecções de segurança no Internet Explorer e seguir os seus utilizadores».

A Google respondeu através de Rachel Whetstone dizendo que «a Microsoft omitiu um pormenor importante: é que o protocolo conhecido como P3P data de 2002, no qual a Microsoft pergunta aos websites como praticam a privacidade em forma de leitura automática, algo incompatível com a web actual».