NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Penetração móvel chega aos 109,8%

Penetração móvel chega aos 109,8%

terça-feira, 06 junho, 2006 /
Portugal tem 11,56 milhões de utilizadores. A taxa de penetração do serviço móvel em Portugal estava, no final de Março, nos 109,8%, valor que fica acima da média da União Europeia, a qual atingiu os 101,9%, de acordo com dados revelados pela Autoridade Nacional de Comuicações.

Os detentores de cartões pré-pagos, que totalizavam 9,319 milhões no final de Março, representam 80,6% do total de utilizadores em Portugal.

Esses utilizadores foram os que mais contribuíram para o crescimento do serviço móvel terrestre no primeiro trimestre deste ano, que registou uma subida de quase 4%.

No mesmo período, ainda segundo a Anacom, existiam 2,239 milhões de clientes detentores de planos de assinatura, que representam 19,4% dos assinantes totais.

Variação do número de chamadas

Durante os primeiros três meses deste ano, os utilizadores de telemóveis realizaram 1,59 mil milhões de chamadas, menos 2,5% que no trimestre anterior mas mais 5% que no período homólogo.

No mesmo período, os clientes do serviço móvel receberam mais de 1,6 mil milhões de chamadas, uma quebra de 2,4% no trimestre e de 4,4% em termos homólogos.

As chamadas dentro da própria rede representam 67,3% do total de chamadas realizadas.

As chamadas móvel-fixo representam 8% do total de chamadas originadas nas redes móveis, enquanto que as chamadas fixo-móvel, que representam 9% das chamadas terminadas nas redes móveis, continuam a apresentar das maiores descidas trimestrais - 4,1% - e das maiores descidas em termos homólogos - 5,5%.

O número de minutos de conversação nas redes móveis caiu 1,9% no trimestre para três mil milhões de minutos. Face ao período homólogo, registou-se um acréscimo de 8,1%.

A duração média das chamadas continua a rondar os 112 segundos, com os assinantes a realizarem em média cerca de 46 chamadas por mês, das quais 31 para a mesma rede.

Nos primeiros três meses de 2006, voltou a registar-se um aumento significativo do número de mensagens escritas enviadas, que totalizou 2,61 mil milhões de SMS. O número traduz um crescimento de 54,2% face ao trimestre anterior e, na opinião da Anacom, poderá resultar da adesão dos clientes do serviço às campanhas promocionais dos operadores móveis.

No período em análise, cada cliente enviou em média 75 SMS, contra 49 no trimestre anterior.
3,047