NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Sharp SH 903

Sharp SH 903

quarta-feira, 21 dezembro, 2005 /
Sharp SH 903 Incorporando a primeira câmara com zoom óptico e uma resolução de 3.2 megapixéis, este terminal 3G, integrado na oferta Vodafone, trás ainda a novidade dos altifalantes estéreo...

Sharp 903

CARACTERÍSTICAS
Ecrã : LCD de 2.4 polegadas (aprox. 62 mm de diagonal) com 240x294 pixéis de resolução, capaz de 260 mil cores.
Dimensões : 108,7 x 50 x 28,5 mm para 148 gramas de peso.
Câmara : Chip CCD de 3.2 megapixéis (imagens c/ resolução máxima de 1536 por 2048 pixéis), com zoom óptico 2x e digital 24X. Com autofocagem. Grava vídeo c/ resolução 240x320.
Multimédia : Polifónico a 128 tons com sistema de altifalantes estéreo incorporados. Saída para TV (suporta PAL e NTSC) c/ cabo. Java MIDP 2, Software leitor multimédia integrado com botão dedicado. Suporta designadamente os formatos áudio MP3, AAC & AAC, AMR e vídeo H.263. Exibe animações Flash. C/ alta-voz.
Messaging : MMS, SMS, Cliente de e-mail c/ suporte para anexos.
Conectividade : irDA, Bluetooth e cabo USB (opcional).
Redes : 3G (UMTS) / GSM (900/1800/1900MHz) c/ GPRS.
Memória : Aprox. 8 MB de memória própria + Cartão Mini-MMC de 64 MB c/ adaptador para MMC incluído.
Bateria : 900 mAh, reclama até 300 horas em espera e 240 minutos em conversação.

Prós: Câmara excelente, saída para TV, altifalantes estéreo, solidez.
Contras: Sem visor externo, expansibilidade a nível de software limitada ao Java, duração da bateria (consoante o tipo de uso).

Integrado na oferta de Natal G da Vodafone, o Sharp SH 903 é o primeiro telefone com uma câmara de 3.2 megapixéis a ser comercializado em Portugal; pela primeira vez igualmente está esta dotada de zoom óptico de 2X, recorrendo por conseguinte a um sistema mecânico de ajuste da distância focal da lente e já não tão só e apenas à ampliação por software levada a cabo no zoom digital. Os resultados são surpreendentes. A capacidade de focagem automática e a definição são as melhores disponíveis num terminal móvel. Finalmente podemos deixar a câmara digital em casa.

Outra «novidade» é a capacidade de reproduzir som estéreo em alta voz, mediante a existência não de apenas um, como é comum, mas de dois altifalantes, colocados lateralmente ao ecrã, concomitantemente à inclusão de tecnologia «Surround» da Yamaha que confere profundidade e um efeito tridimensional ao volume.

Ecrã & Desenho

A nível de ecrãs, sendo clamshell, o terminal inclui apenas um, omitindo-se portanto o usual mini-ecrã externo. Em contrapartida o TFT QVGA de 2,4 polegadas (cerca de 6 cm de diagonal), capaz de reproduzir 260 mil cores é de excelente qualidade, podendo ser «torcido» e rebatido sobre o teclado, de forma designadamente, a emular o efeito de uma câmara digital (ver fotos mais adiante).

A inexistência do resumo de informação em ecrã externo - que teria a pontencial contrapartida de tornar o modelo mais espesso - é parcialmente compensada por uma potente luz de aviso lateral capaz de reproduzir 7 cores base mais um modo «disco» que as alterna, podendo associar-se cada uma aos diversos tipos de chamada (por exemplo: azul para chamadas de voz, vermelho para vídeochamadas, amarelo para mensagens novas).

Sharp 903

No plano do multimédia, outra especificidade é a inclusão padrão de um cabo de vídeo que permite ligar o telefone a uma televisão (seja as que suportem o sistema PAL, como em Portugal e na Europa de uma forma geral, seja as que suportem o NTSC, como é o caso dos EUA), permitindo assim exibir as fotos e os vídeos. A saída vídeo está colocada lateralmente no modelo, ao lado da entrada mini-SD e protegida, como esta por uma tampa de plástico. O cabo padrão oferecido com uma generosa extensão de cerca de dois metros requerá provavelmente, no entanto, usar concomitantemente um adaptador para SCART (não incuído)..

Sharp 903

No que ao desenho toca, trata-se de um clamshell com uma concepção a um tempo sóbria, sem ser sisuda, e sólida q.b.. Quando abertas as duas metades ficam praticamente alinhadas (visto o telefone lateralmente), não sendo evidente qualquer espécie de folga. Quando fechado, de perfil, tem a forma de um rectângulo ligeiramente deitado sobre o lado; sendo a parte superior, onde a câmara é alojada, ligeiramente mais larga, como seria de esperar em função do zoom óptico.

Sharp 903

A câmara frontal, útil para a vídeochamada, sendo minúscula, passa bastante desapercebida ao lado do auscultador.

A porta de infra-vermelhos está presente no topo superior, isolada.

No topo inferior: chamam a atenção dois orifícios com contactos em cobre a usar aquando da colocação seja no berço de secretária seja no suporte para viatura, disponíveis como acessórios.

A nível dos botões, os 12 alfanuméricos são retroiluminados a vermelho. Acrescem-lhes supra três botões de função (atalhos, anular, acesso ao leitor de média) mais um joypad (4 sentidos de pressão em direcção - que também servem de teclas de atalho - mais uma tecla circular central de selecção em profundidade) enquadrado por 4 botões de função: dois para controlo dos menus e dois «iniciar chamada» e «terminar chamada».

Lateralmente, à esquerda, na metade inferior do corpo do telefone temos presentes: o led da luz de aviso multicolor, dois botões («<» e «>») para controlo do volume e do zoom (também servem, nos menus, para o mesmo fim que as teclas cima-baixo do joypad), um botão de acesso à câmara (inicia-a e efectua o disparo) ladeado por dois botões de controlo e navegação das «opções», com a câmara activa.

No lado oposto encontra-mos: a ranhura para o cartão minSD e a saída vídeo, protegidas por tampas plásticas fixas ao corpo do telefone e que, uma vez fechadas, passam quase completamente desapercebidas.

Sharp 903 Sharp 903

Software e funcionalidade

Sob o software não há muito a dizer, consagra de forma eficiente o que seria de esperar. Tendo presente o sistema operativo proprietário a possibilidade de vir a instalar novas aplicações está, à partida, limitada aos midlets Java.

A nível dos menus, estes desmultiplicam-se em lista a partir de um grande menu inical, em grelha, com 12 ícones (3 de largura por 4 de altura): Entretenimento, Vodafone live! (navegador), Música, Mensagens, Câmara, Meus itens, Organizador e Ferramentas, Contactos, Registo de chamadas, Conectividade, Vodafone, Definições.

Com memória para 500 contactos, o organizador inclui Organizadior e Ferramentas: Calendário, Alarmes, Calculadora, Gravador de Voz, Scanner (de códigos de barras, usando a câmara fotográfica), E-Book, Cronómetro, Tarefas, Relógio Mundial, Contador Decrescente, Memo de Despesas (com diversas categorias pré-definidas). A nível dos jogos, o modelo a que tivemos acesso inclui apenas um par de versões de demonstração.

Quanto à performance, o teste com o JBenchmark 3D por nós efectuado deu um resultado de 537 pontos no JBenchmark3D High Quality, excelente prestação que coloca o modelo à frente de qualquer concorrente até à data.

Sharp 903

Alguns pormenores dignos de registo incluem a opção «Enviar Tudo», especialmente útil quando se queira deslocar por exemplo todas as fotos, via bluetooth, do telefone para um PC.

No que ao bluetooth diz respeito, é de notar que, quando a transferência de informação está em curso o telefone deixa de poder receber ou efectuar chamadas.

No que toca ao «messaging», está disponível uma interface comum para os diversos formatos de mensagem, organizados por pastas. De facto, a opção «Nova Mensagem» deixa escolher entre um de quatro tipos: Mensagem tout court (SMS e ou MMS, em caso de adição de formatos multimédia), Mensagem de voz, Mensagem de vídeo - estas duas, no passo seguinte, abrem as aplicações respectivas para gravação - Postais e e-Mail (com suporte de anexos).

Sharp 903

A nível do software passível de ser usado com um PC, o 903 vem com um CD que, para além dos controladores de ligação, permite a instalação de uma ferramenta de sincronização com o Outlook bem como de um gestor do telefone que disponibiliza numa interface comum (ver captura de ecrã) quatro ferramentas para gestão de contactos, imagens, som (incluindo um compositor de MIDI) e ficheiros em geral, respectivamente. De notar que todas elas devidamente traduzidas em português.

Sharp 903

O leitor multimédia toca em fundo e permite o «controlo do tom»: «normal», «graves», «surround», «graves+surround». Uma saída padrão de 3,5 ou mesmo 2.5 mm para auscultadores teria sido de inclusão bem-vinda.

Câmara

A câmara é a grande mais-valia do Sharp 903. Com uma óptima capacidade de focagem, a captura de imagem em condições de fraca luminosidade pode ser auxiliada pelo led tipo flash, sobretudo nas fotos de proximidade. Combinando o zoom óptico de 2x com as 24x do zoom digital conseguimos, em teoria, atingir até 48x de zoom.

Aquando da captura, é possível ajustar o nível de luminosidade da cena, aumentando-o ou diminuindo-o, bem como escolher entre um de sete resoluções possíveis: 1536x2048, 1200x1600, 960x1280, 768x1024, 480x640, 240x320 e 120x160 pixéis.

Usando o máximo da resolução, combinado com a melhor «qualidade» de imagem possível (de três: muito boa, óptima e normal) produzem-se ficheiros de dimensão elevada que o telefone demora um tempo apreciável a guardar no cartão de memória, obrigando o utilizador a um compasso de espera até poder tirar a próxima foto.

Outras opções ajustáveis incluem o uso ou não da «Luz móvel» tipo flash, a escolha do tipo de «Ambiente» (que pode ser deixada ao critério do telefone em modo automático ou manualmente seleccionada de entre: Noite, Desporto, Caracteres, Animais, Contra o Sol, Retrato e Retrato no escuro), a activação de um «Temporizador» e opção entre os modos de «Focagem» automática, manual ou macro.

Configurável é ainda o som do obturador, o uso ou não de Zoom óptico, o local padrão onde guardar as imagens et cetera.

Sharp 903

Sharp 903

Sharp 903

A gravação de vídeo beneficia de um conjunto equivalente de opções, podendo ser feita numa resolução única de 240x320 pixéis, com duração pré-definida ou no limite da memória.

É de salientar que torcendo e rebatendo o ecrã sobre o teclado se activa automaticamente a câmara, exibindo-se então uma interface com exibição de ícones de opção bastante análoga à dos SonyEricsson.

A nível do software de «pós-edição», o «editor de imagens» incluso no terminal permite apenas redimensionar e ou rodar a imagem.

Sharp 903

Sharp 903

Exemplos de fotografias tiradas com o Sharp 903

Clique sobre as miniaturas para as ver no tamanho original.

Conclusão

Sharp 903

As capacidades multimédia do Sharp 903SH são surpreendentes, destacando-se a excelente câmara que, para além dos 3,2 megapíxeis, tem para oferecer zoom óptico de 2X e um capacidade muito boa de auto-focagem bem como a inclusão de altifalantes estéreo, úteis tanto para ouvir música como em alta-voz. Para esse efeito, a inclusão de rádio FM, a existir, lançaria ouro sobre o azul.

A ausência do ecrã externo acaba por ser um pormenor desprezível tendo presente a qualidade do interno bem como a capacidade de o rebater. Tudo somado, é indiscutivelmente um modelo de terceira geração com uma óptima relação qualidade/preço.

Quem dispense um sistema operativo mais versátil a nível do software que pode correr, tem aqui sem dúvida uma das melhores opções correntes, se não a melhor, para a 3G.

Sharp 903

10,924