NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo
Vendas mundiais em alta

Vendas mundiais em alta

segunda-feira, 18 dezembro, 2006 /
Nokia mantém liderança. Entre Julho e Setembro, foram comercializados 251 milhões de unidades, mais 21,5% do que no trimestre anterior, sendo o fenómeno atribuído sobretudo aos mercados chinês e indiano, de acordo com a análise da consultora Gartner.

Essa empresa prevê que o ritmo de expansão se mantenha e que neste último trimestre sejam vendidos em todo o Mundo 281 milhões de telemóveis, o que dará um saldo anual global de 986 milhões de unidades.

Ainda no tocante aos 251,3 milhões de unidades vendidas no terceiro trimestre, liderança absoluta do mercado continuou nas mãos da finlandesa Nokia, que vendeu 88,1 milhões e subiu mais 2,6%, detendo actualmente uma quota mundial de 35,1% (32,5% há um ano).

A norte-americana Motorola vendeu 51,9 milhões de terminais e continua na segunda posição com 20,6% do mercado (18,7%), seguindo-se a Samsung com 30,6 milhões e 12,2% (12,5%), a Sony Ericsson com 19,4 milhões e 7,7% (6,7), a LG com 15 milhões e 6,0% (6,5%) e a BenQ com 6,1 milhões e 2,4% (4,7%).

O conjunto dos restantes fabricantes vendeu a nível mundial 40,2 milhões de unidades, ou seja, menos de metade da Nokia e ainda abaixo da Motorola, correspondendo-lhes uma quota de 16% que demonstra a sua perda de peso, já que um ano atrás asseguravam juntamente 18,3% das vendas mundiais.
3,112