Motorola com prejuízo

Resultados do terceiro trimestre desfavoráveis em 153 milhões.

Pelo terceiro quartel consecutivo a Motorola anunciou resultados negativos. As operações da empresa de Julho a Setembro deste ano registaram perdas de 153 milhões de dólares, correspondentes a um valor repartido de cerca de sete cêntimos por acção.

O prejuízo anunciado, longe dos lucros de 643 milhões de dólares registados em igual período do ano anterior constitui, não obstante, um valor que se enquadra dentro das expectativas dos analistas.

As vendas no terceiro trimestre passado baixaram de 9.49 biliões de dólares americanos, o ano passado, para 7.41 biliões.

Com o estatuto de segundo fabricante mundial de telemóveis a Motorola está a tentar reduzir a sua dívida e a reorganizar as suas áreas de negócio, ao mesmo tempo que, no decurso do último ano, assistiu a uma quebra no valor das suas acções em 38 porcento. Tendência que se mantém com os resultados agora divulgados.

Mas nem tudo corre mal para a empresa americana. A divisão de terminais móveis consegui pela primeira vez obter lucros este ano – cerca de 19 milhões de dólares, fruto de um crescimento da quota de mercado da empresa em 2%, para as 18 unidades percentuais.