Motorola processa RIM

Alegada violação de patentes

A Research In Motion, proprietária do BlackBerry, está a ser acusada judicialmente pela Motorola de violar sete patentes.

A marca norte-americana quer que o tribunal obrigue a RIM a deixar de usar a referida tecnologia, entre o que se encontram soluções como a forma de armazenar informação de email no equipamento, forma de reconhecimento das chamadas recebidas e controlo de acesso a novas aplicações.

Além disso, a Motorola exige uma indemnização por «danos irreparáveis».