NOTA! Este site utiliza cookies e tecnologias similares.

Se não alterar as configurações do seu navegador, está a concordar com a sua utilização.

Compreendo

Natal pode salvar Nokia 5510

quinta-feira, 20 dezembro, 2001 /
A finlandesa Nokia espera que o Natal seja a salvação para as vendas do modelo 5510. O modelo 5510, com aspecto e funções diferentes de qualquer outro telemóvel, não está a ser, propriamente, o êxito que a Nokia esperava. Todos os relatórios de vendas situam-se abaixo das expectativas e é de crer que também no nosso país se tenha registado o mesmo. Na Finlândia, onde a venda do modelo poderia ser uma referência para o resto da Europa, o lançamento do produto não provocou nenhuma correria às lojas. O mesmo se verificou na vizinha Suécia, terra da concorrência, onde a maior cadeia de estabelecimentos da especialidade, Dialects, registou vendas 20% inferiores ao estipulado pela administração. Esta falha nas vendas pode ser uma lição para a Nokia mas seria, no mínimo, previsível. Como é possível fazer um modelo para um público tão específico e esquecer-se do factor mais importante na colocação de um determinado artigo no mercado, como é o preço? Não é que o modelo seja desaqueado ou não tenha o espírito necessário ao seu público, até porque deve haver muitos adolescentes a suspirar pelo 5510 nas montras das lojas. A questão está precisamente no preço, tópico muito pouco acautelado pela marca filandesa, que quis manter um padrão de qualidade elevado, sem perceber que 300 euros é um preço alto para quem o produto se destina. Não há dúvida que, colocado este cenário, só resta mesmo à Nokia esperar que o Natal venha colmatar a falha. Isto é, que o Pai Natal seja generoso para todos aqueles que andam há 2 meses a namorar o modelo com leitor mp3 e interface de comunicação com PC incorporado.
4,165