Nokia mantém liderança

Mercados emergentes suportam crescimento do mercado.

O mercado mundial de telemóveis cresceu 16,3% no segundo trimestre, face a idêntico período do ano passado, tendo sido vendidos 188,7 milhões de terminais.

A Nokia vendeu 60,8 milhões de unidades e manteve o primeiro lugar do sector, detendo uma quota de 32,2% do mercado, que se traduziu em 60,8 milhões de unidades comercializadas. O crescimento face ao primeiro trimestre deste ano foi de 1,1%, o que é de notar pois traduz também uma recuperação no mercado.

Numa altura em que anuncia mudanças na administração para o próximo ano, a Nokia terminou o trimestre com lucros líquidos de 799 milhões de euros, o que corresponde a mais 15% em igual trimestre de 2004.

Apesar de permanecer no segundo lugar do ranking de fabricantes, a Motorola vendeu «apenas» 33,9 milhões de telemóveis, o que é praticamente metade do líder. E a sua quota de mercado subiu 1,3% para os 18%, o que, juntamente com a Nokia, dá às duas marcas o controlo de metade do mercado.

A Samsung, que vendeu 24,4 milhões de unidades no segundo trimestre, está em terceiro lugar e tem uma quota de mercado de 12,9%, seguindo-se a LG Electronics (6,4% do mercado) e a Sony Ericsson (6,3%). Refira-se que a Siemens Mobile, em vias de ser comprada pela BenQ, desceu de 5,4% para 4,5%.