Nokia mantém o rumo

O fabricante revela optimismo em relação às perspectivas de negócio para o terceiro trimestre de 2001, apesar de uma pequena descida nas vendas.

A Nokia apresentou, no passado dia 11, uma actualização intercalar trimestral em relação às perspectivas de negócios para o terceiro trimestre de 2001. A empresa espera atingir as estimativas previstas para o terceiro trimestre, apresentadas em 19 de Julho último. A Nokia continua a manter a liderança de mercado sem comprometimento da rentabilidade da empresa, apesar das condições turbulentas que se vivem actualmente no mercado das comunicações móveis. Com base nos desenvolvimentos dos dois primeiros meses do terceiro trimestre, prevê-se que a margem de exploração do grupo Nokia para o terceiro trimestre se posicione nos 15%, e os lucros por acção, após diluição, se posicionem entre os 0.14 e 0.16 euros anteriormente apresentados. No entanto, a Nokia prevê que as receitas para o terceiro trimestre sejam 5% inferiores, em variação homóloga, em comparação com os números inicialmente apresentados que apontavam para um crescimento entre 0% e 5%, em relação ao mesmo período no ano anterior. A empresa continua a expandir-se com base nas suas posições de líder de mercado, no que respeita às suas duas actividades principais, nomeadamente, infra-estruturas de redes móveis e telefones móveis, que foram objecto de diversas alterações nos últimos meses.