Nokia revê previsões em baixa

O pessimismo da marca finlandesa deve-se sobretudo à fraca procura de infraestruturas de telecomunicações.

Os resultados para o quarto trimestre também foram revistos em baixa, tendo o fabricante anunciado que os resultados na área dos terminais poderão ficar um pouco aquém do que tinha sido previsto anteriormente. Na sua mais recente actualização, a Nokia afirma que espera que a sua divisão de redes obtenha um margem de lucro de aproximadamente 0%, quando em Outubro essa mesma margem era de 5 porcento. O director financeiro da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo, afirmou que esta revisão da previsão de resultados se deveu sobretudo a um volume de vendas abaixo do esperado e dificuldades na previsão de margens para o envio dos primeiros terminais de terceira geração.