Novis lança Negócios Mega

ADSL de 8 Mbps é alargado a Internet e voz.

Desenvolvidos a pensar exclusivamente nas necessidades dos profissionais liberais e micro-empresas (SoHos), estes novos serviços resultam da aposta que a Novis está a fazer para disponibilizar a este segmento de mercado soluções tecnologicamente avançadas tradicionalmente só disponíveis às grandes organizações, destaca o operador da Sonaecom em comunicado.

As duas modalidades do novo serviço destinam-se a cobrir todo o território nacional: nas zonas onde a Novis chega com infra-estrutura própria, os clientes têm disponível o Novis Negócios Mega, com ADSL até 8 Mbps; nas outras zonas, a opção recai no Novis Negócios, que conjuga o acesso ADSL com o serviço de voz da Novis.

O Novis Negócios Mega apresenta-se como a solução ideal para o fornecimento de Internet e voz para utilizações profissionais, conjugando as principais vantagens dos serviços Novis. Assim, na Internet, o ADSL da nova geração, 16 vezes mais rápido que o ADSL tradicional, contempla tráfego ilimitado em horário laboral (de 2ª a 6ª, entre as 9 e as 21 horas), e todas as outras funcionalidades exclusivas que distinguem as ofertas Novis, designadamente a filtragem de conteúdos, o número ilimitado de caixas de correio com 10 MB, a oferta de subdomínio ou o acesso rápido e sem congestionamentos. Na voz, com a oferta de chamadas gratuitas entre o mesmo indicativo (quer para clientes Novis quer para clientes de outros operadores), no horário laboral, a Novis volta a inovar, sendo o primeiro operador com tarifas planas para o mercado profissional.

O lançamento do serviço Novis Negócios Mega enquadra-se na estratégia de crescimento do operador, indo ao encontro dos três eixos de desenvolvimento da empresa: mercado profissional, acesso directo e serviços de Internet e dados.

Líder entre novos operadores

Fruto desta estratégia, e de acordo com os últimos dados do barómetro da dataE (3º trimestre de 2004), a Novis continua a reforçar a liderança entre os novos operadores, tendo mesmo sido o único operador de rede fixa a aumentar a sua quota de mercado no segmento das micro-empresas.

Para suportar e potenciar o leque de ofertas nos diferentes segmentos, a cobertura da infra-estrutura Novis continua a crescer e, até ao final de 2005, deverá chegar a 150 centrais desagregadas.