O Android combate o crime em Nova Iorque

A polícia de Nova Iorque recorre a uma aplicação Android no combate ao crime.

O departamento da polícia de Nova Iorque tem estado a testar uma aplicação, desenvolvida para smartphones Android, que os ajuda a combater o crime. Aproximadamente 400 telemóveis Android foram distribuídos como parte de um programa-piloto a decorrer na cidade que nunca dorme, anunciou o New York Times. Os telemóveis estão impedidos realizar ou receber chamadas, recorrendo antes a uma ligação de dados para permitir o acesso ao cadastro de um indivíduo.

Uma aplicação pré-instalada no dispositivo permite aos agentes verificarem o historial criminal de um indivíduo, verificar a sua identidade e respectiva fotografia ou até mesmo exibir informação relativamente ao histórico de condução do mesmo. Ao introduzir uma morada na aplicação, o agente também poderá conferir os nomes de todos os residentes que já tenham estado presos, ou com mandatos de captura, além de poder verificar possuidores de armas.

O Android combate o crime em Nova Iorque

Esta tecnologia, contudo, tem os seus críticos: Donna Lieberman é a directora executiva da União de Liberdades Civis de Nova Iorque, e acredita que a aplicação pode ‘tornar-se num veículo para rondar os suspeitos do costume, para assediar as pessoas‘ com base em informações disponíveis nas bases de dado da polícia.

Sem dúvida que é uma aplicação com o seu lado positivo e com um lado negativo igualmente potencial. O que é que acham deste tipo de tecnologias? Deixem-nos o vosso feedback!