O Chat matou a SMS?

Possivelmente. As aplicações para telemóveis dedicadas a serviços de Chat enviaram um volume de mensagens superior ao registado nos envios de SMS, segundo dados relativos a 2012.

O Chat matou a SMS?

A SMS poderá estar a entrar em declínio para dar lugar aos mais recentes e populares serviços de Chat, segundo avançou a CNet. Estes serviços estão disponíveis na forma de aplicações para diversas plataformas mobile e apresentam-se como concorrentes sérios a um serviço que até muito recentemente era do domínio quase exclusivo dos operadores de telecomunicações.

A Informa, uma firma de investigação e análise de mercados, anunciou no dia 29 de Abril que aplicações populares como a WhatsApp, o BlackBerry MKessenger e a iMessage da Apple, entre outras, totalizaram uma média de aproximadamente 19 mil milhões de mensagens enviadas/recebidas diariamente por todo o mundo, em 2012. Comparativamente a estes dados, o envio de SMS – segundo as estimativas da empresa – situou-se nos 17.6 mil milhões de envios diários.

E em que medida é que estes números poderão estar a assinalar o declínio das SMS? Segundo a GigaOM, não basta que estas aplicações já tenham ultrapassado o volume de SMS enviadas – terão mesmo que o deixar muito para trás, algo que poderá acontecer tão brevemente como em 2014, ano em que a GigaOm estima que sejam enviadas aproximadamente 50 mil milhões de mensagens diariamente através de aplicações dedicadas a Chat, longe dos 21 mil milhões de SMS que as previsões sugerem que serão enviados diariamente.