Skip to main content

O fim da OniWay?

O executivo da PT, Miguel Horta e Costa, já garantiu que a EDP irá receber propostas individuais dos três operadores móveis para a venda dos seus activos.

Aproveitando uma apresentação de novos serviços da TMN, Miguel Horta e Costa, presidente da comissão executiva da Portugal Telecom, afirmou estar prestes a ser enviada uma proposta individual para adquirir os activos da OniWay, evitando assim que o quarto operador venha a entrar no circuito comercial.

Estas posições dos dois homens fortes das comunicações móveis nacionais (Carrapatoso, da Vodafone, e Horta e Costa, da PT – TMN) não precisam de mais confirmações para se chegar à conclusão que o 95 nunca chegará a funcionar. Resta agora aos accionistas da Oni (EDP é maioritária mas há também o BCP e a Brisa na jogada) aguardar pelas ditas propostas que cada um dos operadores irá apresentar para o encerramento definitivo da OniWay.

No entanto, muita gente envolvida no processo – alguns hipotéticos futuros clientes também – poderão ficar com um travo amargo e algum sentimento de frustração, uma vez que, tal como Pedro Norton de Matos afirmou já no final do Verão, a OniWay tinha a sua estrutura comercial totalmente operacional para arrancar assim que fosse necessário. Nunca chegou a ser…