Skip to main content

Oni reduz prejuízos

Menos 14% no primeiro trimestre.

Os proveitos caíram 3,2% para 39,1 milhões de euros, mas o EBITDA (lucro antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) foi positivo pelo quinto trimestre consecutivo, atingindo 1,3 milhões de euros, sublinhou Diogo da Silveira, que falava num encontro com jornalistas.

O gestor atribuiu esta melhoria da conta de exploração à redução dos custos operacionais, a par da eficiência na forma de captação de clientes.

«O nosso desafio de gestão é prosseguir uma estratégia de crescimento sem deteriorar o EBITDA, o que se consegue agindo nos custos», explicou Diogo da Silveira.