• Início
  • Tecnologia
  • ONU aprova carregador universal para telemóveis é agora uma norma

ONU aprova carregador universal para telemóveis é agora uma norma

A International Telecommunication Union (ITU), a agência da ONU que regula o sector das telecomunicações, aprovou a solução de criar um carregador universal para telemóveis.

A International Telecommunication Union (ITU), a agência da ONU que regula o sector das telecomunicações, aprovou a solução de criar um carregador universal para telemóveis. O objectivo é acabar com as dezenas de carregadores diferentes para as várias marcas e modelos e, deste modo, atenuar o impacto ambiental que a produção destes periféricos acarreta.

«Qualquer utilizador de telemóvel beneficia com a introdução da Solução Universal de Carregamento (de Universal Charging Solution)», garantem os responsáveis da ITU, “as TIC são um elemento essencial de um acordo efectivo para o clima no tratado de Copenhague”, disse o secretário-geral Hamadoun Touré.

Em Junho passado, a Nokia, Sony Ericsson e outros fabricantes tinham já concordado em arrancar com a disponibilização de modelos com estes carregadores, notícia essa que foi dada aqui no Telemoveis.com.

Todos os utilizadores de telemoveis irão beneficiar da nova solução de carregamento Universal (UCS), que permite que o mesmo carregador para ser usado por todos os aparelhos futuro, independentemente da marca e modelo. Além de reduzir drasticamente o número de carregadores produzidos, a nova norma vai permitir a todos os utilizadores carregarem ou recarregarem os seus telemóveis em qualquer lugar em qualquer carregador disponíveis e, ao mesmo tempo, reduzir a energia consumida durante o carregamento.

A norma UCS nova era baseada na entrada da GSMA, que prevê uma redução de 50 por cento no consumo de energia em espera, a eliminação de 51.000 toneladas de carregadores redundantes, e uma consequente redução de 13,6 milhões de toneladas de emissões de gases com efeito de estufa a cada ano.

Director de Normalização das Telecomunicações da UIT (TSB), Malcolm Johnson disse: “Este é um passo significativo na redução do impacto ambiental de tarifação móvel, que também tem a vantagem de fazer um uso mais simplificado doscarregadores, sendo estes universais, são uma solução de bom senso que eu anseio ver replicado em outras áreas.

Desde a aprovação do Protocolo de Quioto, em Dezembro de 1997, o número de utilizadores das TIC em todo o mundo triplicou, mas a importância da implantação das TIC para reduzir significativamente as emissões não é reconhecido no texto do projecto actual.

Juntamente com órgãos parceiros, e com o apoio do Secretário Geral da ONU Ban Ki-moon, o ITU trabalha estreitamente com os negociadores da conferência em Barcelona para garantir que o texto que será apresentado à Conferência do Clima em Copenhague, reconhecendo o papel fundamental das TIC na busca de soluções para a crise climática. O director Malcolm Johnson da TIC TSB vai presidir um evento em Barcelona, as Palestras sobre Mudança do Clima, em 5 de Novembro de 2009, organizado pelo UIT e pela OCDE, em parceria com o Global e-Sustainability Initiative (GeSI), onde estão convidados os Decision Makers dos diversos governos do mundo, as organizações internacionais e da indústria para compartilhar as suas opiniões e idéias inovadoras sobre novas formas de utilização das TIC para enfrentar a mudança climática.