Skip to main content

ONU quer reciclar telemóveis

Indústria receia entrar em acordo mundial.

ONU, fabricantes, operadores e o sector industrial da reciclagem estão a trabalhar em conjunto na tentativa de encontrar soluções para o problema que representam os milhões de terminais e acessórios deitados fora pelos consumidores.

As conclusões do trabalho serão apresentadas durante uma conferência internacional a realizar no Verão do próximo ano, em Nairobi, no Quénia.

A União Europeia já tem em vigor um sistema de reciclagem de telemóveis em que os fabricantes assumem a maior parte dos custos do processo. E há já também alguns acordos nesse domínio nos EUA e no Japão.

Mas a ONU pretende alargar os acordos a outras regiões do globo através do compromisso dos agentes do sector, minorando dessa forma o impacto ambiental que pode resultar do terminais em fim de vida nos países em desenvolvimento.