Palm muda nome para palmOne

A decisão surge na sequência da separação entre o fabricante e a sua unidade de produção de software.

A empresa, que havia demonstrado em Junho a sua intenção de comprar o rival Handspring, afirmou que a mudança de nome corresponde ao seu desejo de inovação. A Palm andava há dois anos para se desfazer do seu negócio PalmSource, que englobava o sistema operativo com que operam os seus aparelhos e também alguns modelos da Sony e da Symbol Technologies. A unidade de hardware da Palm passou então a denominar-se Palm Solutions, mas tanto o nome como a divisão deixarão de existir a partir de agora. A procura por este tipo de terminais entrou em declínio nos últimos anos, com os clientes a fugirem dos modelos mais dispendiosos. A Palm decidiu então introduzir no mercado marcas mais acessíveis, mas teve de enfrentar a concorrência da Dell, que entrou no mercado das agendas electrónicas no ano passado. A nova empresa irá então incluir marcas de hardware como a Zire e a Tungsten e ainda o smartphone Teo, este último quando a compra da Handspring estiver concluída, provavelmente no próximo Outono. A marca palmOne irá entrar em vigor a partir de 2004.